(Brasília) Festival Latinidades chega à 9ª edição como o maior festival de mulheres negras da América Latina


Evento promove em Brasília uma semana de atividades que incluem debates, oficinas, cinema, música, literatura, dança, espaço infantil e muito mais

latinidades1.jpg

Entre os dias 25 e 31 de julho, acontece no Museu Nacional, na Esplanada dos Ministérios, e no Cine Brasília a 9ª edição do Festival Latinidades. O evento consolidou-se como o maior festival de mulheres negras da América Latina, promovendo sob a temática afro diálogos e intercâmbio cultural entre estados brasileiros e outros países.

A nona edição em 2016 tem como tema a comunicação, incitando olhares sobre o marketing, o jornalismo e as redes sociais. Ressalta a importância do fortalecimento das mídias negras, da produção intelectual de negras e negros em torno da produção de conteúdos. A partir deste tema, o Festival Latinidades destacará ainda o protagonismo de mulheres negras na comunicação.

Todos os anos, o Latinidades oferece música, dança, teatro, literatura, formação, capacitação, empreendedorismo, ações ambientais, responsabilidade social, economia criativa, comunicação e reflexão. A programação desta edição traz mesas de debates, oficinas, shows, mais de 15 lançamentos literários, batalha de poesia, feira, shows, exibição de filmes, entre outras ações.festival latinidade.png

Entre os convidados participantes nas mesas e debates estão intelectuais, jornalistas, produtores culturais, como Luciana Barreto (Repórter Brasil Tarde/TV Brasil), Valéria Almeida (Globo Repórter /TV Globo), Maíra Azevedo (Jornal A Tarde – BA), Hendi Pontiac (África do Sul), Djamila Ribeiro (Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo), Sueli Carneiro (Geledés Instituto da Mulher Negra), Eliane Dias (Boogie Naipe/Racionais MC’s), Jean Yves Bassangna (Camarões), Monique Evelle (Desabafo Social), entre outros nomes.

Kimberlé-Crenshaw-200x300.jpg

Kimberlé Crenshaw

 

Na sexta-feira, 29/07, acontecerá a conferência com a norte-americana Kimberlé Crenshaw, uma das mais reconhecidas intelectuais negras da atualidade. Seu trabalho inovador chegou a influenciar a elaboração da cláusula sobre equidade presente na Constituição sul-africana.

 

Depois da semana de oficinas e palestras, o Festival celebra com uma noite de festa (dia 29). A Festa Latinidades, único evento com ingresso pago, traz duas pistas para não deixar ninguém parado e oconcurso RuPaulas com as melhores drags da festa. Nas duas pistas, Tati Quebra Barraco, MC Carol, Pretas Sonoras e os DJs Batekoo, direto de Salvador.

No sábado à noite, dia 30/07, acontecem os shows gratuitos com MC Soffia (SP), Rico Dalasam (SP), Donas da Rima (DF), Beth D’Oxum e Coco de Umbigada, Arielly, Dream Team do Passinho (RJ) e duas apresentações internacionais, a saxofonista Hope Clayburn (EUA) e a cantora Veronny Okwei Odili (Nigéria).

Durante o final de semana, a programação também contempla os pequenos. O Espaço Infantil traz atividades para as crianças aprenderem brincando e se divertirem muito, com histórias, roda de conversas e bailinho.

No “Latinidades Sustentável” o evento busca inspirar atitudes que contribuam para um mundo melhor, como o “Vem de bike” que disponibiliza bicicletário com iluminação e segurança funcionando todos os dias. O “Varal Social” também acontece todos os dias do festival, com espaço para troca ou doação de roupas usadas. Todo o resíduo reciclável do evento tem coleta seletiva, gerando renda para 100 famílias da associação de catadores localizada na L4Sul: Apcorb. E o evento oferece ainda espaço para doação de lixo eletrônico.

A acessibilidade não fica de fora: intérpretes de libras narram os shows e conferências, e o evento disponibiliza espaço adequado para cadeirantes e pessoas com mobilidade limitada.

Latinidades é realizado pela Griô Produções e Instituto Afro Latinas, em parceria com a ONU, Organização das Nações Unidas e patrocínio doFundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal.

SERVIÇO
Festival Latinidades – 9ª edição
Dias: 25 a 31 de julho de 2016 (segunda-feira a domingo)
Local: Cine Brasília (25/7, 19h) – EQS 106/107 – Asa Sul, Brasília/DF
Museu Nacional – SCTS 2 – SHCS, Esplanada dos Ministérios, Brasília/DF
Entrada gratuita
http://www.afrolatinas.com.br

Anúncios

O Seu comentário nos ajuda a melhorar !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s