BNDES abre inscrições para Edital de Cinema 2016


Edital contemplará pela primeira vez curtas-metragens de animação

Estão abertas as inscrições para o Edital de Cinema 2016 do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que este ano traz como novidade a inclusão da categoria curtas-metragens de animação.

b8263193-9802-4266-a6ea-de4d284a0513O anúncio foi feito nesta segunda-feira, 9, em uma coletiva de imprensa, na sede do Banco, no Rio de Janeiro.  Segundo Luciane Gorgulho, chefe do Departamento de Economia da Cultura do BNDES, “a criação dessa categoria foi pensada diante de uma crescente demanda do mercado”.

Compondo a mesa estava a diretora da ANCINE, Rosana Alcântara, que parabenizou a iniciativa da instituição e apresentou dados que revelam o crescimento do setor: “A indústria de animação tem desempenhado um papel muito importante no desenvolvimento do audiovisual do País. O Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) já investiu em 54 séries de animação e 30 longas de animação. E a participação cada vez maior de nossas animações em festivais internacionais tem sido muito importante para levar nossa imagem para o mundo”.

Também participaram do evento, o diretor da ABPITV, Mauro Garcia, e representantes do mercado, como os animadores Marão e Andrés Lieban e os diretores do festival AnimaMundi, Aída Queiroz, César Coelho, Léa Zagury e Marcos Magalhães.

Além da seleção dos curtas-metragens de animação, o edital contemplará 17 longas, disponibilizando um total de R$ 15 milhões em recursos não reembolsáveis.  Serão R$ 200 mil para cada curta-metragem de animação selecionado, até o limite de cinco projetos. Para os longas de animação, o valor do apoio é de R$ 1,5 milhão para cada obra, respeitando o limite de dois projetos. Já os longas de ficção estão divididos em dois grupos, ambos com o valor de R$ 1 milhão para cada filme selecionado. No primeiro grupo, serão apoiados até dois filmes que priorizem o retorno comercial, sem prejuízo da qualidade técnica e artística. O segundo grupo terá até cinco filmes selecionados, com pelo menos um deles de diretor estreante, que priorizem a busca de reconhecimento artístico e técnico no mercado internacional. Com R$ 500 mil cada serão contemplados ainda cinco documentários, uma coprodução latino-americana e dois filmes em fase de finalização.

O Edital de Cinema acontece desde 1994, e nesses 21 anos já apoiou mais de 400 filmes.

As inscrições vão até 27 de junho. O edital e seus anexos estão disponíveis no site do banco.

via MINC

 

Anúncios

O Seu comentário nos ajuda a melhorar !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s