Em novembro, 9º Encontro de Culturas Populares e Tradicionais


19.08.2015 Serra TalhadaCélebre como terra natal de Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, Serra Talhada, no sertão pernambucano, será palco do 9º Encontro de Culturas Populares e Tradicionais, entre os dias 20 e 29 de novembro. Coordenado pela Rede Nacional de Culturas Populares com o Ministério da Cultura, o evento é feito a cada dois anos e será realizado pela primeira vez no Nordeste.
Nesta quarta-feira (19), o ministro Juca Ferreira oficializou a mobilização do MinC para o evento diante de seus organizadores e de representantes de movimentos culturais que participarão dele. “Vamos fazer um grande encontro e algo que nos empodere. O Ministério vai participar ativamente”, assegurou ele, que destacou o valor da cultura popular e tradicional para o governo. “Desde que chegamos ao Ministério, temos dado importância a essa dimensão. A primeira coisa que fizemos foi alargar o conceito de cultura. O ministério que encontramos só trabalhava com arte. Quebramos paradigmas.”
Ferreira apontou os Pontos de Cultura como o marco no processo que passou a distinguir como cultura as mais diversas manifestações populares regionais. “É algo simples que reconhece que o povo faz cultura nas condições mais adversas”, disse.
O MinC aproveitará o 9º Encontro de Culturas Populares e Tradicionais para colocar em debate suas principais ações, como a revisão do Plano Nacional de Cultura, Cultura Viva e Política Nacional das Artes.
Participaram da reunião quatro secretários do MinC: Ivana Bentes (da Cidadania e da Diversidade Cultural – SCDC), Vinícius Wu (de Articulação Institucional – SAI), Pola Ribeiro (do Audiovisual – Sav) e Guilherme Varella (de Políticas Culturais – SPC). Representou o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) o diretor do Departamento do Patrimônio Imaterial, TT Catalão. O encontro também contou com a presença do senador Humberto Costa (PT-PE), do deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE), do prefeito de Serra Talhada e do secretário de Cultura do município.
O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, aproveitou a reunião para agradecer a escolha do município para sediar o evento. “É um motivo de alegria e orgulho”, disse. O secretário de Cultura do município, Ánildoma Souza, presenteou o ministro Juca Ferreira com um chapéu de cangaceiro e uma cachaça produzida no estado e exaltou a cultura do xaxado da cidade, dança criada no sertão pernambucano. “Em Serra Talhada, respiramos a cultura do cangaço, o legado de Lampião”, afirmou.
via ASCOM/MINC
Anúncios

O Seu comentário nos ajuda a melhorar !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s