PNUD: Projeto de eficiência energética de prédios públicos estende inscrições até 31 de maio


A ação faz parte do projeto Transformação do Mercado de Eficiência Energética no Brasil, que tem o objetivo de contribuir com a economia de até 4 milhões de MWh de eletricidade nos próximos 20 anos.

04-06-2014 - Brasília - Brasilia com iluminaçao verde e amarela para receber a Copa do Mundo de Futebol 2014. Foto Cadu Gomes/ Fotos Publicas

04-06-2014 – Brasília – Brasilia com iluminaçao verde e amarela para receber a Copa do Mundo de Futebol 2014. Foto Cadu Gomes/ Fotos Publicas

Para aumentar a eficácia nos gastos e contribuir para o uso racional de energia nos setor público, o Ministério do Meio Ambiente e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) anunciaram nesta quinta-feira (07) o projeto Benchmark de eficiência energética de edifícios.

Trata-se de estudo que pretende identificar e entender o padrão de consumo energético das edificações públicas e o quanto o investimento em eficiência de energia pode contribuir para a redução das emissões de gases de efeito estufa.

A ação faz parte do projeto Transformação do Mercado de Eficiência Energética no Brasil, que tem o objetivo de contribuir com a economia de até 4 milhões de MWh de eletricidade nos próximos 20 anos e de reduzir emissões de gases de efeito estufa em até 2 milhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2).

Agentes públicos interessados em se inscrever no projeto devem preencher um formulário e fornecer dados de consumo energético de seus prédios públicos de escritórios com área acima de 500m2, tais como contas de energia dos últimos 12 meses, área útil do edifício, número de ocupantes e contato (e-mail e telefone do responsável).

As informações enviadas, em caráter estritamente confidencial, serão a base para o desenvolvimento do benchmarking, e os participantes receberão informações sobre seu status atual de seus edifícios em relação em relação à média nacional.

Do total de inscrições, serão selecionados 20 edifícios com baixo desempenho em eficiência de energia para participar da fase de projetos demonstrativos. Esses prédios receberão um diagnóstico de seu consumo, situação energética, a instalação de sistema de medição com gerenciamento local e capacitação para a utilização dos medidores.

Aqueles, entre os 20, com melhor potencial de economia e comprometimento de gestores receberão também assessoria técnica para a realização de projetos de eficiência energética e suporte para fomentar boas práticas e disseminá-las para outros prédios do setor público.

Saiba mais como inscrever-se aqui.

via PNUD

Anúncios

O Seu comentário nos ajuda a melhorar !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s