ANCINE anuncia pacote de editais de apoio à coprodução internacional


10492142_833028796781096_5282311966807646392_n

Inscrições para edital Brasil-Itália já estão abertas. Ações em parceria com Portugal, Argentina, Uruguai e outros países da América Latina serão lançadas até maio.

Com o objetivo de promover a presença do cinema brasileiro no mercado externo, a ANCINE preparou para 2015 um pacote de ações de incentivo à realização de coproduções internacionais. Por meio de quatro editais binacionais e de uma linha inédita do Programa Brasil de Todas as Telas, a agência fará investimentos no desenvolvimento e na produção de longas-metragens feitos em parceria com 22 países.

O primeiro edital foi lançado nesta quinta-feira, 19 de março, em parceria com a Itália. Nas próximas semanas serão anunciadas ações com Argentina, Portugal e Uruguai, por meio de editais elaborados pela ANCINE e pelos institutos audiovisuais desses países. Em maio entra em operação uma linha inédita do Programa Brasil de Todas as Telas, que investirá R$ 5 milhões em projetos de coprodução com 19 países da América Latina.

Segundo o diretor-presidente da ANCINE, Manoel Rangel, essas ações constituem o eixo central da política de promoção internacional do audiovisual brasileiro: “A realização de parcerias entre produtoras brasileiras e de outros países contribui para o aprimoramento profissional dos nossos talentos e aumenta as possibilidades de distribuição de filmes brasileiros no exterior. Essas ações, combinadas a outros mecanismos, como os programas de apoio à participação de filmes e profissionais em festivais e em eventos de mercado internacionais, constituem a política de inserção internacional do audiovisual brasileiro executada pela ANCINE”.

Grande novidade do pacote anunciado pela ANCINE, a Chamada Pública Prodecine 06/ Coprodução América Latina do Programa Brasil de Todas as Telas entra em operação no mês de maio. Com R$ 5 milhões em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual, esta linha funcionará na modalidade de fluxo contínuo (não há período de inscrição definido, os projetos são analisados à medida em que forem apresentados à Agência) e apoiará projetos em que a produtora brasileira tiver participação minoritária.

Projetos de ficção e animação receberão apoio de até R$ 250 mil. Para documentários o apoio será de até R$ 175 mil. Poderão ser inscritos projetos em parceria com Argentina, Bolívia, Costa Rica, Colômbia, Chile, Cuba, El Salvador, Equador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Porto Rico, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

Edital Brasil-Itália de apoio ao desenvolvimento de projetos já recebe inscrições
Em sua terceira edição, o edital Brasil-Itália disponibiliza 160 mil euros para o apoio ao desenvolvimento de  projetos de longa-metragem. O concurso vai beneficiar seis projetos com potencial de coprodução entre os dois países, sendo três selecionados pela ANCINE e três pela Direzione Generale Per Il Cinema, da Itália. A ANCINE contemplará dois projetos de roteiristas iniciantes, cada um a ser apoiado com 25 mil euros, e um projeto de roteirista não iniciante que fará jus a 30 mil euros. As inscrições são gratuitas e ficam abertas até 4 de maio.

Na etapa de capacitação do edital, os roteiristas dos projetos selecionados participarão, em Roma, de atividades de formação, apoio e orientação destinadas ao desenvolvimento de coproduções e a um maior conhecimento do mercado italiano.

Nas próximas semanas serão abertas inscrições para os três editais binacionais de coprodução mais tradicionais da Agência, em parceria com institutos da Argentina, Portugal e Uruguai. “Os produtores interessados já podem ir preparando seus materiais, pois os regulamentos seguirão os mesmos moldes das edições anteriores”, aconselha o assessor internacional da ANCINE, Eduardo Valente.

O edital Brasil-Argentina, em parceria com o INCAA (Instituto de Cine y Artes Audiovisuales), vai apoiar seis projetos com um total equivalente nas moedas locais a 1 milhão de dólares. Já pelo edital Brasil-Portugal, serão investidos 600 mil dólares em 4 projetos, em parceria entre a ANCINE e o ICA (Instituto do Cinema e do Audiovisual). Outros dois projetos de coprodução farão jus a um aporte total equivalente a 300 mil dólares por meio do edital Brasil-Uruguai, promovido simultaneamente pela ANCINE e pelo ICAU (Instituto de Cinema y Audiovisual).

Clique aqui e acesse o Edital Brasil-Itália 2015 e seus anexos.

Via Ancine

Anúncios

O Seu comentário nos ajuda a melhorar !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s